quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Premiações de associados do CEL


São Lourenço do Sul segue sendo muito bem representada no campo das letras! Na foto acima, associados que receberam premiação em diferentes concursos literários, conforme segue:

Planície Costeira - São José do Norte

Poesia Estadual => 4º lugar - Cléia Dröse - poesia "Duelo"

Poesia Estadual Especial => 1º lugar - Agenor de Mello Coelho - poesia "Mate lavado"

Poema Estadual => 4º lugar - Márcia de Mendonça - poesia "O que seria do amanhã."

Prosa Estadual => 2º lugar - Cléia Dröse - prosa "Os gatos sabiam."

Prosa Internacional => 1º lugar - Maria Cristina Drese - prosa "Como duele tu ausencia."

Conto Internacional => 1º lugar - Maria Cristina Drese - conto "El cajon de los recuerdos."

XVI CONCURSO INTERNACIONAL DE POESIAS - 2011
CLUBE PAN-AMERICANO "ENGº - ENRIQUE SALAZAR CAVERO"

Troféu Nacional
Agenor de Mello Coelho
Poesia = Meu sonho

Troféu Superação
Cléia Dröse
Poesia = Duelo

Prêmio Publicação
Márcia Beatriz de Mendonça
Poesia = Celebração

Internacional
María Cristina Drese
Poesia = Selva del Espiritu

15º Aniversário do CEL


No último dia 29/10 o CEL festejou seus 15 anos!!!

Num ambiente alegre e festivo, com um público cada vez maior de poetas premiados, simpatizantes e autoridades, a arte se fez presente na música e nas declamações. Sem dúvida, o evento de lançamento da 16ª Antologia de Escritores Lourencianos foi coroada de êxito - um prêmio aos associados pelo árduo trabalho em prol da cultura lourenciana.

Abaixo transcrevemos mensagem recebida de Caio Oliveira de Oliveira:

"Ainda lembro dos primeiros anos, mais que amigos, irmãos, cantando a poesia e a prosa entre as figueiras, à margem da lagoa. Ainda lembro-me das viagens e das premiações. E vou lembrar sempre. Deixei raízes em São Lourenço, pedaços das minhas noites insones, lágrimas e risos alimentando minha fome literária. Vou lembrar sempre os irmãos que fiz, as crianças que vi crescer entre um verso e outro, uma frase disforme, uma vírgula mal colocada. Gostaria de citar o nome de todos, mas para esquecer alguém e causar mágoas quero eleger um para representar a todos, e em nome deste agradecer a amizade, o companheirismo. E neste momento, só me vem à lembrança a imagem da Dona Terezinha declamando seus versos. Trêmula, doente, idosa, Dona Terezinha autografando uma antologia do CEL. Onde quer que ela esteja, o meu abraço, o meu bem querer. E agora que se veste de anjo e passeia livre pela espiritualidade que possa levar a todos vocês nesta data especial o meu carinho,o meu eterno agradecimento. Eu não seria quem sou se não tivesse conhecido vocês.

Ao jovem CEL, menino ainda, adolescente, cheio de sonhos e de planos, que possa permanecer por muito tempo colorindo as noites lourencianas, embalando o sonho daqueles que querem dizer alguma coisa e não conseguem, pois esta é a função dos que escrevem, falar pelos que se calam. Não estarei presente nesta noite de gala, mas façam de conta que estou num cantinho, observando tudo, lembrando, pois nada é melhor do que poder lembrar. Parabéns aos.


Fiquem com Deus."

========================================